quinta-feira, 6 de dezembro de 2012

O Mar


Eu não sei viver longe do mar... preciso do verde, das pedras, da areia, do sol. Nesta paisagem eu vejo meu rosto, meu corpo, minha pele, meu cheiro, minha história, toda a minha trajetória familiar. A vida pode ser boa, apesar dos pesares que nos são impostos. Talvez boa não seja a palavra, talvez se possa usar outra: a vida é um mar; submetido as marés, calmo, sereno ou intempestivo, nefasto, destruidor, devastador, mas belo, em todas as suas manifestações, embora nessas horas a gente não consiga ver essa beleza. O que nos faz voltar a questão anterior, o que é a vida? Talvez não exista um nome só para qualificar a vida, talvez...

4 comentários:

  1. Querida Cynthia, desejo a vc e todos os seus um Natal repleto de paz e muitas alegrias em 2013. Bjs

    ResponderExcluir
  2. O mesmo para ti Dolce, em dobro!!!! bjssssssss e seja feliz sempre.

    ResponderExcluir